Grupo Lusiaves Atribui prémio Fazer Avançar em Soure
01/07/2018

No dia 20 de Julho o grupo Lusiaves realizou, no salão nobre da Câmara Municipal de Soure, a cerimónia de entrega de prémios da primeira edição do Prémio Fazer Avançar, uma iniciativa do grupo Lusiaves que distingue projetos que estimulem o desenvolvimento das comunidades ao nível social, económico, cultural ou ambiental, onde o Grupo está presente.

 

O concelho de Soure foi o escolhido para o lançamento do Prémio Fazer Avançar. O Grupo contou com o apoio da Câmara Municipal de Soure e convidou a Associação Empresarial de Soure e o Agrupamento de Escolas Martinho Aires para integrar o Júri desta iniciativa.

 

Nesta primeira edição, que decorreu com grande sucesso, o Prémio Fazer Avançar premiou três projetos com um total de 15.000 euros. Foram escolhidos os prémios que, no entender do Júri, apresentaram, de facto, melhorias concretas para a comunidade local de Soure.

 

O primeiro prémio do Fazer Avançar, no valor de sete mil e quinhentos euros, foi atribuído ao projeto "Serviço Domiciliário Noturno" do Centro de Assistência Paroquial de Granja do Ulmeiro. Um serviço que funciona no sentido de dar resposta a situações de isolamento de idosos e que não tem qualquer comparticipação da Segurança Social. Com este prémio, do Grupo Lusiaves, o Centro irá adquirir uma viatura de três lugares que possibilitará as deslocações de uma equipa de apoio noturna.

 

O segundo prémio, no valor de quatro mil e quinhentos euros, foi atribuído ao projeto "Jardim Sénior" da Associação Cultural Recreativa e Social de Samuel e vem dar resposta à necessidade sentida pelos utentes sénior da Instituição e da comunidade de terem um espaço de lazer ao ar livre, acessível, onde possam conviver e fazer exercício adequado às suas limitações.

 

O Júri decidiu ainda atribuir a Menção Honrosa, no valor de três mil euros, ao projeto "Restaurar é dar nova vida" da Associação Cultural, Desportiva e de Solidariedade da Freguesia da Vinha da Rainha. Trata-se de dar um apoio à recuperação da antiga Escola Primária do Pedrogão do Pranto apontando a sua utilização para atividades culturais, desportivas e de interesse social.

 

O Grupo Lusiaves tem previstas outras formas de apoio para a comunidade de Soure onde o grupo tem vários investimentos, nomeadamente ao nível de produção avícola, e mais de 100 colaboradores.  

 

 
 
© Copyright Lusiaves 2018 | Política de Privacidade e Segurança | adicionar aos favoritos | Ficha técnica