Grupo Lusiaves valoriza economias locais
23/07/2020

É uma consequência natural da presença do Grupo Lusiaves em determinadas zonas do país: atra­vés das 41 unidades espalhadas a nível nacional, o Grupo tem vindo a aportar valor socioeconómico nas comunidades locais onde realiza a sua atividade. Não só com a criação de postos de trabalho, como ao dinamizar e desenvolver as economias locais, por exemplo, na criação de novas infraestruturas e na formação técnica dos seus habitantes. O Grupo é também um agente económico que compra local e que disponibiliza um conjunto de incenti­vos para a criação do próprio emprego, como é exemplo o programa “Dá asas ao teu negócio”, que visa potenciar o empreendedorismo avícola.

 

A sua atuação económica socialmente responsável, e que promove o desenvolvimento das economias locais, foi recentemente estudada pela Universidade Nova de Lisboa, com apoio da Mínimos Quadrados – Investigação e Desen­volvimento, que avaliaram o impacto socioeconómico decorrente da atividade do Grupo Lusiaves no concelho de Soure, em termos económicos, sociais e fiscais.

 

A análise conclui que, com as três explorações avícolas detidas (Quinta da Cruz, Quinta de São Tomé e Quinta de Guerres), que empregam 36 pessoas cada, num total de 156 postos de trabalho criados, o peso relativo dos empregos gerados pelo Grupo, em termos de população ativa do concelho de Soure, é de 2,2%, contribuindo ativamente para a fixação da população.

 

Na média dos últimos três anos, o Valor Acrescentado Bruto (VAB) gerado pelo Grupo Lusiaves no concelho é superior a 11,5 milhões de euros, o que corresponde a 25% do VAB produzido pelas 1.600 empresas com sede em Soure, demonstrando o impacto do Grupo no concelho.

 

Em termos práticos, por cada 1 euro gerado pelas unidades do Grupo Lusiaves, são gerados 8 cêntimos para a economia local, através dos rendimentos anuais do Grupo em Soure, dos gastos locais do mesmo (através de 16 fornecedores locais) e dos gastos locais dos colaboradores e fornecedores em Soure. Isto resulta num total de 2,2 milhões de euros de acréscimo anual para a economia local do concelho.

 

Nos últimos três anos, o Grupo Lusiaves garantiu, de forma responsável, o pagamento dos seus impostos locais e ativou iniciativas de responsabilidade social, atribuindo a associa­ções locais de cariz social mais de 16 mil euros, em 2018.

 

O estudo apresenta, ainda, que 86% dos stakeholders inquiri­dos concorda, ou concorda totalmente, que “o Grupo Lusiaves contribui positivamente para o desenvolvimento socioeconó­mico do concelho de Soure” e que 82% dos inquiridos con­corda, ou concorda totalmente, que o Grupo Lusiaves tem investimentos relevantes no concelho de Soure. Em suma, o estudo comprovou uma realidade que se estende a outras regiões do país, documentando o dinamismo que a presença do Grupo acarreta às comunidades locais, aportando valor socioeconómico nas diversas localidades, a nível nacional, onde se faz representar.

 

 
 
© Copyright Lusiaves 2020 | Política de Privacidade e Segurança | adicionar aos favoritos | Ficha técnica